é a penúltima linha da minha morada, enquanto aprendo matemática no MIT.

terça-feira, agosto 08, 2006

europeídade*

Uma menina interpelou-me esta manhã e perguntou-me se me queria "register to vote". Já a afastar-me, de bicicleta, gritei-lhe que não sou americana, não posso votar aqui. Será que estou a perder a minha europeídade? (No princípio do ano passado, concluí que o cerne da europeídade é a assimetria. Uma camisola assimétrica, sapatos com atacadores ao lado em vez de no meio, ou um pano negligentemente deixado no parapeito de uma janela são algo "tão europeu, tão europeu, que nem te consigo explicar", disse-me um colega americano.)

* Eu sei que esta palavra não existe. Mas se existisse, gonçalo, catarina, como é que se escrevia? É que o acento não pode ser naquele i, porque esta palavra quer-se grave, mas se não puser acento nenhum no i, vai ler-se o ditongo, fica eu-ro-pei-da-de, que é ainda pior. Como é?

6 comentários:

rodrigo disse...

eh eh, o velho dilema Europa x EUA...

pela minha experiência pelos lados de Pasadena, a minha ideia de ser europeu um tanto diferente... como por exemplo gostar de estar na conversa com os amigos ao almoço, debaixo do parassol, durante umas 2 horas. pensando melhor, isso aplicava-se aos portugueses e italianos, pelo que o exemplo aplicar-se-ia quanto muito aos sul-europeus x americanos, lol. sim, porque os americanos preferiam levar o almoço numa caixa para o lab, e assim nao perdiam tempo e evitavam qq tipo de contacto social com outros seres da mesma espécie.

tenho mto orgulho em ser (sul)-europeu, pelo menos neste aspecto particular ;-)

Helena Romão disse...

europaidade???

Mas explica lá uma coisa... então dizem-te no meio da rua se te queres recensear, assim sem mais nem ontem?

ana rita disse...

rodrigo, estas coisas que eu disse não são aquilo que _me_ faz sentir europeia em constraste com os americanos, são aquilo que um americano me apontou como sendo um sinal claro e inequívoco de que eu sou europeia. tipo apontar para mim de manhã e dier: "essa camisola, nunca um americano vestiria essa camisola!"

helena, aqui, é assim que funciona a coisa. Uma pessoa pode "register to vote" muito facilmente mesmo. Ou quando se vai tirar a carta de condução, ou junto a uma qualquer pessoa para tal habilitada e que costumam andar a cirandar por aí a angariar eleitores, no outro dia até veio uma bater-me á porta.
E mesmo assim uma grande percentagem dos americanos não estão recenseados!

rodrigo disse...

yep, yep

eu tenho de aprender a ler os posts com mais calma, pois eu tenho a mania de ler tudo a correr, lol

os americanos tb tem a mania que tudo o que seja diferente deles é europeu. se calhar até tem razão...

ana rita disse...

ena, ena, rodrigo, com o link do primeiro comentário encontrei o teu novo tasco!

rodrigo disse...

yep, decidi fechar o tasco antigo. aprendi que nao eh grande ideia misturar vida pessoal com profissional... assim criei um blog pra cada coisa, um para os amigos, outro pra matemática e física e afins...

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos and videos from ana_rita. Make your own badge here.