é a penúltima linha da minha morada, enquanto aprendo matemática no MIT.

domingo, junho 22, 2008

espera



Do meu breve affair com o curso de medicina guardei boas memórias, bons amigos e dois livros. Um, demasiado anotado para revender, está esquecido numa prateleira ou caixa qualquer. O outro, o Atlas de Anatomia Humana ou Netter para os amigos, consulto-o de vez em quando, para comparar desenhos coloridos com radiografias nossas ou investigar outras desgraças e dúvidas de saúde cá de casa.

Esta semana abri-o nas lâminas 82 a 86, bulbo (ou em português de portugal, globo) ocular. Não ajudou muito. Estamos todos em suspenso à espera que o tempo passe e o olho se abra e veja ou não veja. Assim. Não falamos e tentamos não pensar no futuro. Por enquanto, esperamos só. E lemos em voz alta, e ouvimos rádio, e esperamos, na penumbra. Esperamos.

2 comentários:

Mãe da malta disse...

que vos corra tudo bem, que a espera seja curta.

Pardal disse...

Vais ver que quando o olho abrir, terá uma ultra-visão.... verá o futuro, ou para lá das paredes, ou qualquer coisa do género

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos and videos from ana_rita. Make your own badge here.