é a penúltima linha da minha morada, enquanto aprendo matemática no MIT.

domingo, abril 25, 2010

coisas que aconteceram 1

(No pequeno avião que alugámos, eu sentada ao lado da m., no lugar de copiloto, cada uma de nós com um "volante" à frente - manche, fui procurar no google.)

Ela, "Ora isto é muito fácil. Se fizermos assim..." e vira o manche para a esquerda, e o avião inclina elegantemente para a esquerda, "então o avião vira para a esquerda." Volta a endireitar o avião. "Se fizermos assim..." e vira o manche para a direita, e o avião inclina para a direita, "então o avião vira para a direita". E continua, "Se empurrarmos para a frente, o avião põe o nariz para baixo e desce, se puxarmos para trás, o avião põe o nariz para cima e sobe." E depois, assim sem mais nem quê: "Pronto, agora conduzes tu" e larga os comandos.

E eu, gah.

E depois, conduzi. Sobre a água, a costa à nossa esquerda, as rochas lá em baixo a recortar o mar, o oceano pacífico! Quase nem é preciso fazer força, o avião é tão pequeno que obedece ao mínimo toque, estamos aqui os três numa latinha, a m., o m. e eu, a voar, e eu digo esquerda e a latinha esquerda, eu digo direita e a latinha direita, assim, no meio do ar, só ar de todos os lados, e lá muito em baixo a água, uma sensação imensa que é tudo ao mesmo tempo incredulidade, excitação, medo, poder, fragilidade, vertigem e liberdade.

3 comentários:

jcafernandes disse...

*inveja*

Anónimo disse...

Que espectáculo!

Rosita

Ana Rangel disse...

Uaaaaaau! ;)

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos and videos from ana_rita. Make your own badge here.